A introdução de um novo animal de estimação em casa, nem sempre é uma tarefa fácil. Pensando em felinos, essa tarefa pode ser ainda mais desafiadora, principalmente porque esses animais são bastante territorialistas.

Nessas situações a paciência é fundamental pois esse período pode levar várias semanas. O planejamento é fundamental para reduzir o estresse, permitir uma transição mais fácil e construir um relacionamento positivo entre os envolvidos.

Quando o novo animal chega na casa, a situação, tanto para os animais que já vivem no local quanto para o animal que está sendo introduzido é bem delicada. Ambos ficarão na defensiva e podem agir de forma agressiva, atacando ou se retraindo.

Nessas situações a agressividade pode ser a forma mais comum, mas também há relatos de animais que se escondem de tanto medo dessa nova situação. Agressividade extrema ou mesmo depressão podem ocasionar problemas de saúde no felino, então o cuidado na introdução e um bom planejamento são fundamentais.

Devemos seguir alguns passos que serão listados abaixo e vale lembrar que o tempo de cada etapa varia de acordo com diferentes fatores como o estado de saúde, a personalidade e a idade de cada um dos animais envolvidos. Em geral, esse processo dura um período de 15 dias.

Nem sempre esse processo funciona logo na primeira tentativa, então, se não funcionou, deve-se reiniciar a reintrodução.

Planejamento e paciência são as palavras chave do processo de introdução.

Passo 1:

Isolamento ou Quarentena: Isolar o novo gato num ambiente separado, com sua própria comida, água, caixa de areia, arranhador, cama e brinquedos. Isso permite que os animais que já estão na casa e o novo se acostumem com o cheiro e com os sons uns dos outros, evitando confrontos. Lembre de passar tempo suficiente em cada um dos grupos.

Passo 2:

Estimular o olfato: se o ambiente está relaxado nos dois grupos, comece movendo os recipientes de alimento para mais próximo da porta do ambiente do gato que está sendo introduzido. Outra coisa que pode ser feita é estimular brincadeiras por baixo da porta, entre os grupos. Se isso não gerar estresse, troque algumas cobertas entre os grupos. Isso faz com que cada grupo sinta melhor o cheiro um do outro. Recompensas com petiscos e elogios são sempre bem-vindos, principalmente quando o processo está fluindo pacificamente. Nesse momento pode-se tentar abrir uma fresta na porta, para que os grupos se vejam, mas ainda se sintam seguros, cada um no seu ambiente. Em algumas situações de estresse, utilizar alimento facilita a interação.

Passo 3:

A aproximação: se todo o processo até o momento está tranquilo, deixe o novo gato dentro da caixa de transporte e permita que os outros animais explorem, vejam e cheirem mais de perto. Procure fazer isso num ambiente seguro, sempre com sua supervisão e afastando o novo animal em qualquer situação de desconforto. Se ocorrer qualquer tipo de estresse, cada grupo deve voltar ao seu local anterior.

Passo 4:

Exercícios em conjunto: a próxima etapa é colocar os dois grupos no mesmo ambiente, sempre com supervisão e por períodos curtos no início. Esse tempo deve ir aumentando com o passar dos dias. Utilizar reforço positivo sempre é aconselhável. Esse reforço pode ser realizado com o auxílio de petiscos e principalmente com brincadeiras envolvendo os animais. Mesmo que os grupos estejam se dando de forma satisfatória, lembre-se que cada grupo precisa de seus próprios recursos como comida, água, cama, arranhador e caixas de areia, mesmo que estejam em diferentes locais.

Passo 5:

Explorando o novo ambiente: à medida que o novo gato se sente confortável, ele vai explorar e testar os limites do ambiente, então os cuidados com a segurança são muito importantes. Verifique a presença de plantas tóxicas, cortinas, lareiras, objetos quebráveis, etc.

Lembre-se que a segurança dos seus animais é sua responsabilidade.

Sheila Dalpiccol

Médica Veterinária

CRMV 11687

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.