Origem

A raça Border  Collie  possui origem  inglesa, associada à fronteira  com  a  Escócia, o que  levou  ao nome  Border (fronteira) e Collie (trabalhador).

No século XIX,   um inglês  decidiu  aperfeiçoar  a  genética  de  cães  pastores  com  características  desejáveis, selecionando cães que se destacavam no pastoreio, resultado de mais de um século de seleção.

Em 1873, ocorreu  um  campeonato  de  pastoreio, destacando-se um cão que conduzia ovelhas sem latidos e mordiscadas e que somente as intimidava. Este exemplar canino, gerou vários descendentes.

Em 1906, ocorreu a padronização da raça, mas diferentemente de outras que priorizavam a estética e o aspecto físico, era  avaliado o  desempenho  no trabalho.

A  raça,  somente  foi  registrada em  1915,  por suas  origens  e em  1995, entrou para o American Kennel Club como cão de exposição.

O Border Collie é uma raça de extrema inteligência e docilidade, não é preguiçoso e trabalha pesado.

O comportamento da raça

É um cão extremamente sociável, receptivo e perspicaz, possui agilidade e destreza, que o tornam um excepcional guardião de rebanhos.

Características físicas

Podem alcançar 53 cm (machos) e 51 cm ( fêmeas) de altura. O peso pode variar entre 15 e 20 kg.

Quanto à pelagem, esta pode ser longa e lisa, além de densa e macia, nas mais variadas cores, incluindo os tons mesclados de preto e branco.

Já os olhos são bem separados, em forma oval. Podem ter a cor marrom, ou ainda, a cor azul, em ambos os olhos, ou em apenas um.

Se bem cuidado, a expectativa de vida varia entre 10 e 15 anos.

É uma raça para se apaixonar, não é mesmo?

Sabrina Braga Knorr

Médica Veterinária – Mestre em Saúde Animal

CRMV-RS 15469

Acesse: @focinhos_da_fer

Leave A Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.